Boa Ventura na Paraíba passa a integrar o Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia

A medalha é de cunho internacional que e reconhece o trabalho que vem sendo realizado na Prefeitura de Boa Ventura.

Desde o ano 2019, o município de Boa Ventura que fica localizado no Sertão da paraíba fez a adesão ao Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e a Energia, conectando na cidade à maior aliança global comprometida com a liderança climática das cidades, com base no compromisso de mais de 10.000 cidades e governos locais de seis continentes, representando mais de 800 milhões de cidadãos em todo o mundo.

Por meio de seu compromisso, o município paraibano ativou uma ação climática ambiciosa, fazendo parte de uma resposta histórica e poderosa das cidades do mundo para enfrentar a crise climática.

Nesse sentido, a medida que Boa Ventura implementa seus compromissos climáticos, uma vez que já era portadora da Medalha “Committed”, seu progresso é reconhecido por um sistema de medalhas compartilhadas com a comunidade global, tendo, nesta quarta-feira, 20 de maio, recebido o comunicado oficial do Secretariado Regional GCoM LAC que o município foi condecorado com a Medalha de Adaptação pelos resultados apresentados no ano de 2019.

Esta medalha é de cunho internacional que, além de reconhecer o trabalho que vem sendo realizado na Prefeitura de Boa Ventura, transparece o compromisso da gestão com a busca da melhor qualidade de vida para seus habitantes, se destacando dentre os apenas 101 municípios brasileiros compromissados com o Pacto Global.

“Boa Ventura segue firme na busca de implementar políticas e tomar medidas para reduzir e evitar emissões de gases de efeito estufa, além de se preparar para o impacto das mudanças climáticas, aumentar o acesso à energia sustentável e monitorar seu progresso na consecução desses objetivos, no intuito de tornar nossa cidade mais saudável, mais sustentável e mais resiliente para todos”, disse a Prefeita Leonice Lopes.

Para o município de Boa Ventura, a questão do meio ambiente é uma preocupação de todos e o tema não deve ser tratado apenas por governos, mas da humanidade.

Fonte Assessoria

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.