Secretária de Saúde de Itaporanga divulga nota sobre agressão a profissionais

Uma mulher agrediu uma enfermeira e uma técnica em enfermagem após esgotar fichas de vacinação.

A secretária de Saúde da cidade de Itaporanga (PB), Adirlianny Soares, divulgou uma nota de esclarecimento e de repudio diante do fato de agressão ocorrido na manhã desta terça-feira (18) no município.

Veja a nota na íntegra:

A Secretaria Municipal de Saúde de Itaporanga vem  prestar esclarecimentos e manifestar o seu repúdio em decorrência das declarações sobre o vídeo que circula nas mídias sociais, no dia 18 de janeiro, em que há acusações inverídicas de favorecimentos no procedimento de vacinação infantil no município.

A população recebe fichas para controle das pessoas vacinadas de acordo com o número de doses disponibilizadas pelo estado. NÃO HÁ QUALQUER TIPO DE EXCEÇÃO, INDEPENDENTE DA PESSOA QUE REQUER A VACINAÇÃO. A lisura do procedimento sempre foi fiscalizada por todos os órgãos judiciais, sem nunca ter havido denúncia de qualquer gênero, sendo respeitada, desde o início da vacinação, as prioridades, comorbidades e idades. Sabemos que o SUS é para todos. Qualquer declaração em sentido contrária vem desprovida de provas.

No último dia 18 de janeiro uma cidadã itaporanguense se dirigiu a sala de vacinação solicitando a imunização do seu filho. Todas as fichas já haviam sido distribuídas para as pessoas que estavam na fila no momento da vacinação, sem nenhuma exceção. Foi alegado favorecimento à outra paciente, entretanto, verificou-se que ela possuía ficha e permanecia na fila, aguardando a vacinação da sua filha. O procedimento padrão foi seguido com a máxima integridade. Na situação, ainda, sobreveio injusta agressão contra funcionárias da vacinação, danos ao erário (mesas quebradas, documentos danificados) e enorme prejuízo físico e psicológico as pessoas presentes.

A Secretaria de Saúde repudia completamente qualquer atitude agressiva ou que ponha em risco a dignidade do sistema vacinas e dos profissionais de saúde, prestando solidariedade e se pondo a disposição de quaisquer futuros esclarecimentos. Não há justificativa à agressão a qualquer ser humano. A valorização aos profissionais de saúde deve ser estimulada, principalmente em época de calamidade pública. A equipe da Secretaria de Saúde preza pelo respeito as diretrizes vacinais, qualquer atitude em sentido oposto não será aceita, será coibida e nossos profissionais de saúde devem ser respeitados.

Itaporanga segue todas as pautas estabelecidas pelo Ministério da Saúde e Secretaria Estadual de Saúde, sendo reconhecida e premiada como um dos municípios mais eficientes durante a campanha a COVID-19.

Relembre o caso: Em Itaporanga, médica é levada a delegacia suspeita de agredir enfermeiras em local de vacinação

Diamante Online

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.