Depois de Itaporanga, professores de Piancó também fazem protesto por reajuste salarial

Categoria paralisou as atividades por quatro dias.

Os professores da rede municipal de ensino de Piancó realizaram uma manifestação na manhã desta segunda-feira (21) reivindicando a implantação do piso salarial nacional de 33,24%, para a categoria.

Os docentes saíram às ruas e se concentraram em frente à sede Prefeitura. Com cartazes, eles exigiram o reajuste que foi oficializado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) no início de fevereiro.

A categoria havia participado de duas assembleias com a administração para debater o aumento, entretanto, não tive retorno. A Secretaria de Educação do município chegou a divulgar um trecho do projeto do piso nas redes sociais, mas, segundo os educadores, não pôs em prática.  

Diante do fato, os professores resolveram fazer o protesto e paralisar as atividades escolares até a quinta-feira (24), data da próxima sessão ordinária na Câmara local, em que o projeto será posto em pauta.

Conforme a classe, se não houver efetivação do reajuste, haverá greve por tempo indeterminado.

Com Vale News PB

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.