Inscrições do Concurso do IBGE encerram nesta sexta-feira (21)

São cerca de 3,8 mil vagas na Paraíba.


Vão até esta sexta-feira (21), os prazos de inscrições dos processos seletivos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). São 3.879 vagas ofertadas na Paraíba. Os aprovados devem atuar no Censo Demográfico 2022. De acordo com os editais, há oportunidades para contratação temporária em todos os municípios do estado.

O certame para recenseador oferta 3.380 vagas. Já para os cargos de agente censitário supervisor (ACS) e agente censitário municipal (ACM) são 499 vagas.

Os interessados devem ficar atentos ao horário, uma vez que as inscrições só poderão ser feitas até as 16h do dia 21 de janeiro, no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), banca organizadora. Ao inscrever-se, o candidato terá a possibilidade de escolher tanto a área de trabalho em que vai atuar, como a cidade em que realizará a prova.

Em João Pessoa, a população pode procurar atendimento na unidade do Sine Estadual situada na Rua Duque de Caxias, no Centro da cidade. No local, é possível tirar dúvidas sobre os cargos, os certames e obter ajuda para fazer a inscrição, no período das 8h30 às 16h.

Com custos de R$ 60,50, para as funções de ACS e ACM, e R$ 57,50, para a de recenseador, as taxas de inscrição podem ser pagas em toda a rede bancária, pela internet e em casas lotéricas.

Candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) podem solicitar a isenção do pagamento. Após o envio dos dados, o pedido passará por uma análise da organizadora. A previsão é que o resultado definitivo saia no dia 15 de fevereiro. Caso a solicitação seja indeferida, o candidato poderá pagar a taxa até o dia 16 de fevereiro.

Edital para ACM e ACS

De acordo com o edital, são ofertadas 197 vagas para agente censitário municipal, com remuneração de R$ 2.100, e 302 para agente censitário supervisor, com remuneração R$ 1.700. As oportunidades estão distribuídas entre 179 municípios paraibanos, sendo João Pessoa (79), Campina Grande (41), Santa Rita (12), Patos (11) e Bayeux (8) as cidades com maior oferta.

Inscrição e condições de trabalho

Com taxa de R$ 60,50, a inscrição para ACM e ACS é única – ou seja, os mais bem colocados em cada área ocuparão a posição de agente censitário municipal, responsável pela coordenação da coleta do Censo 2022 naquela cidade, conforme o número de vagas. Para concorrer às oportunidades, os candidatos precisam ter o ensino médio completo.

Os dois cargos têm jornada de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias. Os contratados para ambas as funções terão direito a auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escola, férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação em vigor e conforme o estabelecido no edital.

Seleção e contratação

Os candidatos do processo seletivo para ACM e ACS farão prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório, com: 10 questões de Língua Portuguesa; 10 questões de Raciocínio Lógico Quantitativo; 5 questões de Ética no Serviço Público; 15 questões de Noções de Administração e

Situações Gerenciais; e 20 questões de Conhecimentos Técnicos. O conteúdo programático completo pode ser consultado no edital

As provas para esses cargos serão aplicadas no dia 10 de abril, no turno da tarde. A previsão é que o resultado final seja divulgado no dia 20 de maio, segundo o estabelecido no cronograma disponível no edital.

Processo Seletivo para ACM e ACS do IBGE

· Vagas: 499, sendo 197 para ACM e 302 para ACS

· Nível: médio

· Remuneração: R$ 1.700 para ACS e R$ 2.100 para ACM

· Prazo de inscrição: até 21 de janeiro · Local de inscrição: site da Fundação Getúlio Vargas, banca organizadora

· Taxa de inscrição: R$ 60,50

· Provas: 10 de abril de 2022, no turno da tarde

· Divulgação do resultado: 20 de maio de 2022 · Edital do processo seletivo para ACM/ACS do IBGE

Edital para recenseador

O processo seletivo oferece 3.380 vagas de nível fundamental completo para recenseador, subdivididas entre todos os municípios paraibanos. As cidades com o maior número de oportunidades são: João Pessoa (683); Campina Grande (343); Santa Rita (111); Patos (89); Bayeux (77); Sousa (56); Cabedelo (56); Cajazeiras (52); Guarabira (50); Sapé (42); Queimadas (37); Mamanguape (35); e Monteiro (30).

Condições de trabalho

O ideal é que o candidato more próximo de onde pretende trabalhar, já que o recenseador será o responsável por visitar os domicílios da região e entrevistar os moradores para realizar a pesquisa.

Em decorrência da pandemia de Covid-19, além dos protocolos de segurança sanitária, como uso de máscara, álcool e distanciamento mínimo, o morador terá a opção de responder ao recenseador presencialmente, por telefone ou, ainda, preencher o questionário pela internet.

A jornada de trabalho recomendável para os recenseadores é de, no mínimo, 25 horas semanais. Como os recenseadores são remunerados por produtividade, o IBGE preparou um simulador online. A ferramenta calcula quanto o profissional vai receber de acordo com a quantidade de residências visitadas e pessoas recenseadas, considerando ainda a taxa de remuneração de cada setor censitário, o tipo de questionário preenchido (básico ou amostra) e o registro no controle da coleta de dados.

Seleção e contratação

A seleção será composta por prova objetiva, composta por: 10 questões de Língua Portuguesa; 10 questões de Matemática; 5 questões sobre Ética no Serviço Público; e 25 questões de Conhecimentos Técnicos. Para auxiliar os candidatos nos estudos sobre a operação censitária, o IBGE disponibilizou uma apostila gratuita. A aplicação da prova está prevista para a manhã do dia 10 de abril.

Em seguida, os classificados dentro do número de vagas para cada área serão convocados para o treinamento. De caráter eliminatório e classificatório, essa fase terá duração de 5 dias e carga horária de 8 horas diárias.

Ao final da etapa do treinamento, o candidato fará um teste. Aquele que não alcançar o mínimo de 50% de acertos e 80% de frequência será eliminado do processo seletivo. Uma ajuda de custo, para alimentação e transporte, será concedida aos convocados cuja frequência no treinamento presencial for de pelo menos 80%.

Após a divulgação dos resultados e convocação dos aprovados, a expectativa é que o contrato dure até três meses. Porém, há a possibilidade de prorrogação, tendo em vista a necessidade de concluir as atividades do Censo Demográfico 2022 e a disponibilidade de recursos orçamentários.

Processo Seletivo para recenseador do IBGE

· Vagas: 3.380

· Nível: fundamental completo

· Remuneração: calculada por produção

· Prazo de inscrição: até 21 de janeiro de 2021

· Local de inscrição: site da Fundação Getúlio Vargas, banca organizadora

· Taxa de inscrição: R$ 57,50

· Provas: 10 de abril de 2022, no turno da manhã

· Divulgação do resultado: 20 de maio de 2022

· Edital do processo seletivo para Recenseador do IBGE

Devolução da taxa do processo seletivo cancelado

Em 2021, foram abertas inscrições para os cargos de recenseador e agente. No entanto, com a pandemia de Covid-19 e o adiamento do Censo Demográfico, os editais foram suspensos. Sendo assim, mesmo aquelas pessoas que já haviam se inscrito no último ano, precisarão realizar esse procedimento novamente para que possam participar dos processos seletivos.

A devolução da taxa de inscrição do processo seletivo simplificado do Censo 2021, cancelado em outubro, pode ser solicitada no Portal do IBGE. O valor será restituído em até 40 dias após a solicitação. A orientação vale também para ressarcimento aos inscritos na seleção do Censo 2020.

Portalt5

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.