Audiberg Alves tem contras reprovadas pelo TCE, referentes ao último ano de sua gestão, em Itaporanga

O TCE elencou que as principais irregularidades cometidas na gestão do ex-prefeito Audiberg Alves, foi a falta de repasse

Em sessão ordinária nesta quarta-feira (19), sob a presidência do conselheiro Arnóbio Alves Viana, o Tribunal de Contas do Estado reprovou as prestações de contas referentes ao exercício de 2016 da Prefeitura de Itaporanga (PB).

O TCE elencou que as principais irregularidades cometidas na gestão do ex-prefeito Audiberg Alves, foi a falta de repasse das contribuições previdenciárias descontadas dos servidores e o não cumprimento do percentual mínimo de 25% em educação. Ainda cabem recursos.

 

O TCE realizou sua 2224ª sessão ordinária do Tribunal Pleno. Estiveram presentes, além do presidente, Arnóbio Alves Viana, os conselheiros Fernando Rodrigues Catão, Antônio Nominando Diniz, Arthur Cunha Lima e André Carlo Torres Pontes. Também os conselheiros substitutos Oscar Mamede Santiago Melo, Antônio Gomes Vieira Filho, Antônio Cláudio Silva Santos e Renato Sergio Santiago Melo. O Ministério Público esteve representado pelo procurador-geral Luciano Andrade Farias.

Fonte Assessoria

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.