Paraíba tem oito casos de mortes por H1N1 confirmados em 2019, diz SES

Oito cidades registraram a doença. Dois casos de óbito foram confirmados nesta terça-feira

A Paraíba tem oito casos de mortes por H1N1 confirmados em 2019, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Os casos aconteceram nas cidades de Alagoa Nova, Cachoeira dos Índios, João Pessoa, Santa Rita, São João do Rio do Peixe, São Bento, Sousa e Coremas, cada cidade com um caso.

Dois casos foram confirmados nesta terça-feira (2), quando os laudos dos exames chegaram até o Hospital Regional de Sousa, onde dois pacientes deram entrada e morreram. De acordo com a direção da unidade de saúde, foi confirmada a causa da morte por H1N1N do homem de 59 anos, residente da região de Sousa, e da mulher de 65 anos, da cidade de Coremas.

Em maio, quatro casos estavam sendo investigados. A Secretaria foi notificada no dia 1º de maio, após a morte de uma criança de quatro anos, que morava no município de Alagoa Nova, no Agreste da Paraíba. Uma outra morte por suspeita de H1N1 foi notificada no dia 4 de maio. A vítima foi um homem de 45 anos, morador do município de São Bento, no Sertão do Estado.

Além da vacinação, conforme a gerente executiva de Vigilância em Saúde da SES, Talita Tavares, outras medidas de prevenção podem ser adotadas, como higienizar as mãos com água e sabão ou álcool gel; evitar tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies possivelmente contaminadas, como corrimão, bancos e maçanetas; e manter hábitos de alimentação saudáveis.

 

Fonte Vale do Piancó Notícias

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.