STJ rejeita recurso de Ricardo Coutinho e mantém Calvário fora da Justiça Eleitoral

A defesa comunga da tese de que as investigações em curso possuem ligações com infrações eleitorais.

A 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou, por unanimidade na tarde desta terça-feira (21), o recurso impetrado pela defesa do ex-governador Ricardo Coutinho (PT) contra decisão que deliberou pela perda do objeto do pedido para que fosse reconhecida a competência da Justiça Eleitoral para julgamento de denúncia decorrente de fatos apurados na Operação Calvário.

Durante o voto, o ministro Sebastião Reis, relator da Calvário no STJ, lembrou que o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) entendeu recentemente que não cabe à Corte Eleitoral julgar acusações contra os réus sobre a formação de organização criminosa.

“Não há como, agora, esse tribunal intervir em questão para entender de modo contrário, uma vez que compete a própria justiça especializada analisar de acordo com o caso concreto o efetiva existência de conexão”, disse o ministro Sebastião Reis ao justificar o voto.

A defesa de Coutinho comunga da tese de que as investigações em curso possuem ligações com infrações eleitorais.

MaisPB

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.