Acusado de matar primo em Curral Velho é condenado a mais de 12 anos de prisão

O crime em uma madrugada de abril do ano passado na rua José Pedro Cavalcante.

Acusado Ednaldo Vicente e vítima Manoel Geraldinho — Foto: Reprodução

O Tribunal do Júri da Comarca de Itaporanga condenou Ednaldo Vicente da Silva, de 22 anos, a uma pena de 12 anos e seis meses de reclusão por ter matado o próprio primo Manoel Lourenço da Silva, mais conhecido como Manoel Geraldinho, na cidade de Curral Velho, Vale do Piancó.

O crime ocorreu na madrugada do dia 22 de abril de 2018 na rua José Pedro Cavalcante. Conforme apurou a polícia no dia, Manoel Geraldinho, à época com 27 anos, teria sido surpreendido pelo acusado, que o acertou com um golpe de facão no abdômen, o matando na hora.

Após o homicídio, ele fugiu e ficou escondido em uma casa no sítio Gonçalo, que fica nas proximidades da cidade, saída para Diamante, mas foi localizado e preso pela polícia. Após preso, ele foi encaminhado á Delegacia de Polícia Civil de Itaporanga, em seguida, conduzido à Cadeia Pública, onde ficou até então.

A acusação foi conduzida pelo promotor Edmilson Filho. A defesa poderá recorrer da decisão.

Fonte Diamante Online

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.