Homem de 33 anos de SP é o mais jovem a morrer pelo coronavírus no Brasil

País registrou 34 mortes até esta segunda-feira (23), 30 em SP e 4 no Rio. Estado de São Paulo tem 745 casos confirmados

Um homem de 33 anos de São Paulo é o mais jovem a morrer pelo novo coronavírus no Brasil. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, o jovem tinha uma comorbidade (doença prévia), que ainda não foi especificada pela pasta.

Até a tarde desta segunda-feira (23), o Brasil registrou 30 mortes na capital paulista, e quatro no estado do Rio, nas cidades de Niterói, Miguel Pereira, Petrópolis e Rio de Janeiro.

Nesta segunda foram confirmadas mais oito mortes em São Paulo. Além do homem de 33 anos, há entre os mortos cinco homens (68, 75, 76, 77, 78 anos) e duas mulheres (80 e 88 anos).

O estado tem 745 casos confirmados da doença, segundo balanço divulgado nesta segunda. A Secretaria Estadual da Saúde não divulgou, até o momento, quantos casos existem em cada um dos municípios do estado.

Entre as 30 mortes da cidade de São Paulo, 28 foram de idosos. No sábado (21), a cidade também registrou a morte de Antonio Brito dos Santos, de 49 anos. O manobrista morava no Limão, na Zona Norte da capital paulista, e já tinha feito tratamento para tuberculose, uma doença que afeta os pulmões.

Apesar das mortes em todo o mundo se concentrarem entre os idosos, dados de outros países apontam que o vírus circula bastante entre os mais jovens. Na China, por exemplo, ainda em fevereiro, quando o país tinha cerca de mil mortes, 26 das vítimas tinham menos de 39 anos.

 

Fonte G1.

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.