Farmacêutica americana inicia última fase de testes de vacina

O estudo, conduzido nos Estados Unidos, contará com a participação de cerca de 30.000 voluntários saudáveis.

A farmacêutica americana Moderna iniciou nesta segunda-feira, 27, a última fase de testes em humanos da vacina contra o novo coronavírus desenvolvida em parceria com o Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (NIAID). O estudo, que busca avaliar a eficácia do imunizante, está sendo conduzido nos Estados Unidos e contará com a participação de cerca de 30.000 voluntários saudáveis. As informações são da Veja.

De acordo com a publicação, a primeira dose já foi aplicada em uma paciente em Savannah, no estado da Georgia. A vacina chamada mRNA-1273 será testada em aproximadamente 89 centros de pesquisa clínica nos Estados Unidos, dos quais 24 fazem parte da NIH Coronavirus Prevention Network, uma rede criada pelo NIAID e pelos Institutos Nacionais de Saúde dos EUA (NIH) para realizar testes clínicos fase 3 de vacinas e anticorpos monoclonais. De acordo com o NIH, os centros designados para conduzir o estudo serão selecionados de acordo com a disseminação do vírus na região.

Os participantes serão divididos em dois grupos: um receberá duas doses da vacina, aplicadas nos dias 1 e 29 do estudo, respectivamente, e o outro receberá duas doses de um placebo na mesma data.

Estudo

Ainda de acordo com a Veja, o estudo é duplo cego, então nem os participantes nem os pesquisadores sabem quem está recebendo a vacina contra o coronavírus e quem está no grupo placebo. O objetivo é avaliar se a vacina é capaz de prevenir a infecção pelo coronavírus e evitar o desenvolvimento de sintomas graves.

Fonte Veja

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.